Dia de mobilização comerciária

Imprimir    A-    A    A+

14/11/2017

 

A união comerciária está forte nos locais de trabalho, nos sindicatos e nas ruas. Esta ampla rede de resistência contra os desmandos da reforma trabalhista também teve presença efetiva no Dia Nacional de Mobilização em Defesa dos Direitos, na sexta, dia 10. As 12 regionais da Federação demonstraram como os nossos 71 sindicatos filiados vão enfrentar a aplicação da reforma trabalhista em suas respectivas bases.

Camisetas, faixas, cartazes, bandeiras e palavras de ordem reafirmaram na Praça da Sé, Capital paulista, a posição dos Sincomerciários e dos Sinprafarmas diante da vigência da Lei 13.467, a partir de sábado, 11.

Destaco quatro orientações:

1) Investir nas negociações coletivas como contrapartida à prevalência da lei;
2) Estimular a sindicalização;
3) Massificar a comunicação com a categoria;
4) Orientar os trabalhadores a não assinarem nada sem antes consultar o sindicato.

 

*Luiz Carlos Motta é presidente da Fecomerciários – SP

 

Fonte: Robson Gil Gazzola (Fecomerciários – SP)