Frente Parlamentar dos Comerciários chega à Bahia

Imprimir    A-    A    A+

27/11/2013

O Estado da Bahia é o quinto a instalar na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar em Defesa dos Comerciários. A solenidade aconteceu hoje (29/11), às 9h30, no auditório do edifício Senador Jutahy Magalhães na assembleia, em Salvador.

A Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Comerciários foi lançada em âmbito nacional na Câmara dos Deputados em agosto deste ano, por iniciativa do deputado federal, Roberto Santiago (PSD/SP) e com o apoio da Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), tornando-se a maior frente parlamentar do Congresso, com 178 deputados e 21 senadores.

A instalação da Frente na Bahia dá sequência à estratégia da direção nacional de levar a iniciativa a todos os estados brasileiros até maio de 2014. Para Levi Fernandes Pinto, presidente da CNTC, a Frente Parlamentar é uma conquista importante para o movimento sindical e para os comerciários de todo o Brasil e, especialmente, nesta ocasião, para os mais de 450 mil trabalhadores no comércio e serviços do Estado da Bahia.

“Depois da conquista da regulamentação da profissão, lei sancionada em março deste ano, a Frente Parlamentar se constitui num marco ímpar em nossa história, pois agora os 12 milhões de comerciários que representamos terão voz e interlocução oficial dentro do poder”, ressalta Levi.

O deputado federal Daniel Almeida (PCdoB/BA) é o tesoureiro da frente nacional e o articulador da instalação da iniciativa na Bahia. A coordenação estadual estará por conta do deputado estadual Álvaro Gomes que, com o apoio da Federação dos Empregados no Comércio de Bens e Serviços no Estado da Bahia (FECOMBASE) terá a missão de levar a frente aos municípios baianos.

O presidente da FECOMBASE, Marcio Luís Fatel, ressalta a importância da chegada da frente parlamentar à Bahia. “A Frente Parlamentar será um importante instrumento para que possamos conscientizar os parlamentares de nossas bases sobre as condições de trabalho precárias que muitos profissionais de nossa categoria estão enfrentando em várias localidades”, afirma.

Mais informações em www.frentecomerciarios.org.br



Notícias