Campanha Contra o Trabalho Escravo

Imprimir    A-    A    A+

De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o trabalho escravo apresenta características bem delimitadas. Além das condições precárias, como alojamentos, água potável e sanitários, existe o cerceamento do direito de ir e vir do trabalhador e o tráfico humano.  Os trabalhadores são forçados a assumir dívidas crescentes com alimentação e despesas com ferramentas usadas no serviço. Em 2014, foi aprovada a Emenda Constitucional do Trabalho Escravo (81/2014), e o Congresso terá agora a missão de regulamentá-la, garantindo que não sejam colocados em risco os direitos, a cidadania e a integridade de milhões de trabalhadores.






Contact Form Powered By : XYZScripts.com