Indicador que antecipa comportamento do mercado de trabalho cai 1,3%

Imprimir    A-    A    A+

08/07/2013

Os componentes que mais contribuíram para a queda do indicador foram a expectativa do empresário da indústria em relação às tendências dos negócios e o grau de satisfação da indústria com a situação atual dos negócio

O Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp), da Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,3% de maio para junho deste ano. O índice busca antecipar o comportamento do mercado de trabalho nos próximos meses, com base em entrevistas feitas com empresários dos setores de indústria e serviços, além de consumidores.

De acordo com nota da FGV, depois de avançar em maio, o resultado volta a cair (como ocorreu em abril), o que “sinaliza desaceleração do ritmo de contratações de mão de obra nos meses seguintes”. Os componentes que mais contribuíram para a queda do indicador foram a expectativa do empresário da indústria em relação às tendências dos negócios (que caiu 3,9%) e o grau de satisfação da indústria com a situação atual dos negócios (com redução de 3,1%).

Fonte: Correio Braziliense



Notícias