Rejeitado projeto que prevê crime para a falsificação de currículo

Imprimir    A-    A    A+

10/09/2013

Durante reunião na CCJ, o relator do Projeto de Lei 6561 de 2009, deputado
Efraim Filho (DEM-PB) alterou seu relatório absorvendo o voto em separado do deputado Alessandro Molon pela rejeição do projeto.
A matéria do deputado Carlos Bezerra PMDB/MT prevê crime a falsificação de currículo, no todo ou em parte. Segundo o texto será enquadrado nessa conduta quem falsificar currículo para satisfazer interesse pessoal, causar dano a terceiro ou para habilitar alguém a obter cargo, emprego ou qualquer outra vantagem com pena de dois meses a dois anos de detenção.

A matéria segue para o arquivamento, já que teve relatório aprovado pela rejeição na CCJ.