CNTC e Walmart debatem proposta de PLR

Imprimir    A-    A    A+

13/09/2016

(Brasília, 13/09/2016) – Dirigentes sindicais de federações e sindicatos vinculados à Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC) estiveram reunidos na manhã desta terça-feira (13), na sede da entidade em Brasília (DF) para dar continuidade no debate sobre a proposta de Participação nos Lucros e Resultados, apresentada pelos representantes do Grupo Walmart Brasil, Gil Ceiplli Brito, gerente de Relações Trabalhistas e Sindicais e o Dr. Flávio Obino Filho, consultor de Negociações Coletivas.

O Grupo Walmart Brasil apresentou um texto base para um acordo sobre a participação dos empregados nos resultados do grupo para o ano de 2016. Não houve consenso em apenas dois itens apresentados, a taxa assistencial e a data para o pagamento do PPR aos trabalhadores. Os dois tópicos serão avaliados internamente pela empresa e posteriormente apresentados.

Duas reivindicações levantadas durante a reunião realizada no dia 02 de agosto foram atendidas. “O Grupo Walmart assumiu o compromisso em todo o território nacional de ampliar de 120 para 180 dias o prazo da licença maternidade. A outra proposta tratava do adiantamento quinzenal, que a partir de 15 de outubro deste ano será de 40%, válido para todo o país”, anunciou o representante da empresa Gil Ceiplli Brito.

Na avaliação do presidente da CNTC, Levi Fernandes Pinto, a reunião demonstrou a vontade dos representantes dos trabalhadores do comércio e da empresa, de promoverem o diálogo na busca por soluções. “Todos sabemos dos problemas aqui colocados e da nossa vontade para resolver cada um deles. A CNTC não abre mão do protagonismo nessa negociação. Estamos abertos para dialogar e encontrar caminhos que contemplem todas as partes”, destacou Levi.

A reunião também contou com a presença do 2º vice-presidente da CNTC, Luiz Carlos Motta; do diretor Secretário Geral, Lourival Figueiredo Melo; do diretor de Negociação Coletiva e Relações do Trabalho, Guiomar Vidor; do diretor de Assuntos Jurídicos, Valmir de Almeida Lima, do diretor de Políticas de Qualificação Profissional, Carlos Dionísio de Morais, além de representantes da FECOSUL, FECEP, FETRACOM GO/TO, FECOMERCIÁRIOS-MA, FECONESTE, FECOMSE, FECOMBASE, FECOMERCIÁRIOS-MG, FECOMERCIÁRIOS-SP, FECERJ, do Sindicato dos Comerciários de São Paulo (SP) e do Sindicato dos Comerciários de Salvador (BA).

Negociação

Um novo encontro está previamente agendado para o dia 23 de novembro. A pauta da reunião vai tratar das reivindicações apresentadas ao Grupo Walmart durante a reunião de agosto e iniciar o debate sobre a PLR para 2017.

Matéria relacionada:
CNTC, federações e sindicatos debatem proposta de PLR do Grupo Walmart e apresentam reivindicações

Assessoria de Comunicação da CNTC
(61) 3217-7118



Notícias