Imprimir    A-    A    A+

A Comissão Especial da Reforma da Previdência elegeu seus vice-presidentes nesta 5ª feira (15) antes de iniciar a audiência pública desta tarde. Para os cargos de 1º vice-presidente, 2º vice-presidente e 3º vice-presidente foram eleitos, respectivamente, os deputados Marcus Pestana (PSDB-MG), Júlio Lopes (PP-RJ) e Thiago Peixoto (PSD-GO).

Enquanto aberto o período para votação, parlamentares favoráveis e contrários à PEC 287/16 discutiram sobre o conteúdo do documento entregue pelo Ministério da Fazenda em resposta aos requerimentos de informação enviados pela comissão.

Deputados da oposição, entre os quais destacaram-se os deputados Pepe Vargas (PT-RS), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Ivan Valente (PSOL-SP) e Julio Delgado (PSB-MG), junto ao deputado Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP), criticaram, por exemplo, o argumento de que o fornecimento de dados sobre espécies de benefícios do Regime Geral da Previdência Social seja extensivo e oneroso, além de não ser de competência da Secretaria da Previdência.

 

Letícia Goedert – Relações Institucionais da CNTC

É permitida a reprodução deste conteúdo, desde que citada a fonte.

 

 



Notícias